A Porta Estreita

Porque é apertado o caminho que leva à vida…

Verdadeiro Evangelho

Sou um adepto do Evangelho original. Aquele que não agrada, que amarga, que machuca, que joga na nossa cara o quanto somos pecadores e como precisamos da misericórdia de Deus. Aquele que passa a mão na cabeça e encobre os pecados, transforma a iniquidade em “problema” e vende o evangelho como um poço de prosperidade e bênçãos, não está cumprindo o ide, anda apenas a inchar igrejas.

Eis que me de deparo com um post no site Voltemos ao Evangelho, que trás a resposta a um comentário deixado no blog. Dispensa maiores explicações:

PERGUNTA
Sou incapaz de louvar um deus que diz que nos ama mas é capaz de nos deixar eternamente no inferno pelo simples fato de não fazer o que ele quer, inclusive não amá-lo. Que mimado, hein? Ele te dá o livre arbítrio, a capacidade de decisão e reflexão, e quando você escolhe o que quer ele te condena se você não fez o que ele queria. Então pra que nos deu o livre arbítrio? Que moral é essa?
Você, que lê esse texto, seria capaz de trancar seu filho num inferno e torturá-lo eternamente caso ele fizesse algum crime? Ou caso ele não te amasse? Aposto que não. Sabe por que? Porque você é uma boa pessoa, e sua moral é superior à das divindades que te forçaram a acreditar. Posso acreditar em Deus, mas não nesses moldes que estão dizendo por aí…

RESPOSTA
Vejo pelos seus questionamentos que sua visão do cristianismo é incompleta. Deixe-me te explicar.

1. Todo amor de Deus está na pessoa de Cristo, aquele que crê em Cristo é amado por Deus, contudo aqueles que não crêem estão em rebeldia ativa contra Deus e apesar de Deus ainda demonstrar amor por estes, sendo paciente com eles e não os mandando para o inferno neste instante, a ira de Deus já permanece sobre eles.

2. Isso se dá porque você e todo aquele que rejeita a Cristo é, por natureza, pecador. Sua natureza está escravizada pelo pecado e não pode se libertar por suas próprias forças, nem o irá fazer porque você ama o pecado. Você ama ter a falsa idéia de que você é livre de Deus, independente dEle, mas seu próprio respirar depende de Cristo, neste exato momento. Assim, você não tem livre arbítrio. Sua escolha está presa a sua natureza e sua natureza está presa ao pecado. Sendo assim você não faz nada mais do que pecar contra Deus ao não glorificá-lo em cada pequena atitude sua. E o seu pecado é exposto em você achar ridículo viver cada segundo para a glória de Deus. E não ache que você é bom. Você bebe iniqüidade como se fosse água e você sabe que é um pecador, pois sua consciência te acusa, mas você busca cauterizá-la e faz isso para sua própria condenação.

3. Portanto, Deus não tem nenhuma obrigação moral de salvar você ou qualquer outro que rejeita a Cristo, ou mesmo que não o conhece, porque todos são indesculpáveis diante de Deus porque trocaram a glória de Deus por coisas mundanas. E, isto, fazem porque não são filho de Deus, mas do diabo, a quem obedecem.

4. Diante de tudo isso, você está totalmente dependente de Deus neste momento para sua salvação. O que você pode e sugiro que faço é clame a Deus por misericórdia e para que Ele o salve.

De alguém que se importa mais com a eternidade de sua alma do que com bons argumentos,
Equipe Voltemos ao Evangelho

Me deixou de boca aberta.

Anúncios

02/10/2009 - Posted by | Evangelismo

1 Comentário »

  1. Olá, gostei muito de seus artigos, gostaria de te convidar para partipar de uma rede de troca de conteúdo, para mais detalhes me adiciona no msn co_herdeiro@hotmail.com ou me manda um email ok. Abraços. Samuel

    Comentário por Samuca | 08/03/2010 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: