A Porta Estreita

Porque é apertado o caminho que leva à vida…

Em Nome de Jesus

E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho (Jo 14,13).

Da Teologia Sistemática, de Wayne Grudem:

É nítido que não significa simplesmente acrescentar a expressão “em nome de Jesus” depois de cada oração, pois Jesus não disse: “Se pedirem alguma coisa e acrescentarem as palavras ‘em nome de Jesus’ após a oração, eu o farei”. Jesus não está meramente falando de acrescentar determinadas palavras, como se fossem uma espécie de fórmula mágica que daria poder às nossas orações. […]

Num sentido mais amplo, o “nome” de uma pessoa no mundo antigo representava a própria pessoa e, portanto, a totalidade do seu caráter. Ter “bom nome” (Pv 22,1; Ec 7,1) era ter boa reputação. Assim, o nome de Jesus representa tudo o que ele é, todo o seu caráter. Isso significa que orar “em nome de Jesus” não é só orar com sua autoridade, mas também orar de modo compatível com seu caráter, que verdadeiramente o represente e reflita o seu modo de vida e a sua própria santa vontade. Nesse sentido, orar em nome de Jesus se aproxima da ideia de orar “segundo a sua vontade” (1Jo 5,14-15).

Li no Nani e a Teologia.

Anúncios

04/11/2009 - Posted by | Discipulado

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: