A Porta Estreita

Porque é apertado o caminho que leva à vida…

Papai Noel Existe?

Existem aproximadamente dois bilhões de crianças (pessoas com menos de 18 anos) no mundo. Porém, como Papai Noel não visita criança das religiões muçulmana, Hindu, Judaica e Budista, isso reduz o trabalho na noite de Natal para 15 % do total, ou 378 milhões de pessoas (de acordo com o Bureau de Referência de população). A uma taxa média (censo) de 3,5 crianças por lar, tem-se um total de 108 milhões de lares, considerando que haja pelo menos uma criança boazinha em cada lar.

Papai Noel tem cerca de 31 horas de Natal para trabalhar, graças à diferença de fuso-horário e à rotação da Terra, considerando que ele viaje de leste para oeste (o que parece lógico). Isso resultaria em 967,7 visitas por segundo, e significa que, para cada casa cristã com uma criança boazinha, Papai Noel tem cerca de 1/1000 segundo para estacionar o trenó, saltar, pular na chaminé, encher as meias, distribuir os presentes restantes sob a árvore, comer algum lanche que tenha sido deixado para ele, subir de volta pela chaminé, entrar no trenó e ir até a próxima casa.

Considerando que cada uma das 108 milhões de paradas esteja distribuída uniformemente pelo mundo (o que, naturalmente, sabemos ser falso, mas será aceito para fins de cálculo),estamos falando agora de aproximadamente 1,25km por casa – uma viagem total de 121,5 milhões de km, sem contar idas ao banheiro e descansos. Isso significa que o trenó do Papai Noel move-se a uma velocidade de 1.046 km/s – 3.000 vezes a velocidade do som. Para fins de comparação, o veículo mais veloz já construído pelo homem, a sonda espacial Ulisses, move-se a acanhados 44,1 km/s, e uma rena normal pode correr a 24 km/h (no máximo).

A carga útil do trenó representa um outro elemento interessante. Considerando que cada criança não receba nada mais que um Lego médio (907g), o trenó levaria mais de 500 mil toneladas, sem contar o peso do “bom velhinho”. Em terra, uma rena normal não puxa mais que 136 kg. Mesmo admitindo que renas “voadoras” pudessem puxar dez vezes o normal, o serviço não poderia ser feito com oito ou nove delas – Papai Noel precisaria de 360.000 renas. Isso aumentaria a carga, sem contar o peso do trenó, mais 54 mil toneladas, ou aproximadamente sete vezes o peso do Queen Elizabeth (o navio, não a monarca).

500 mil toneladas viajando a 1.046km/s cria uma enorme resistência do ar isso aqueceria as renas da mesma maneira que uma nave espacial ao reentrar na atmosfera da Terra. O primeiro par de renas absorveria (14,3×10 elevado a 19) joules de energia por segundo. Em resumo, elas explodiriam em chamas quase que instantaneamente, explodindo as renas atrás delas e criando estrondos sônicos ensurdecedores em seu rastro. Todo o conjunto de renas seria vaporizado em 4,26 milésimos de segundo, ou quase quando Papai Noel atingisse a quinta casa em sua viagem. Porém, nada disso importa, pois o Papai Noel, com a aceleração resultante de uma parada brusca a partir de 1.046 km/s em 0,001 segundo, estaria sujeito a uma força de 17.000 G’s.

Um Papai Noel de 113 kg (que parece ridiculamente magro) seria imobilizado no fundo do trenó por 1.957.258 kgf o que esmagaria instantaneamente os seus ossos e órgãos, reduzindo-o a uma bolha trêmula de meleca pegajosa cor-de-rosa.

Conclusão: Se Papai Noel existiu, ele já está morto.

Anúncios

16/12/2009 Posted by | Humor | 1 Comentário

Supersincero

04/12/2009 Posted by | Humor | 1 Comentário

Os 10 Mandamentos

04/12/2009 Posted by | Humor | Deixe um comentário

Testemunho…

Tivemos na semana passada, participando do programa Nada Além da Verdade, o pastor Junior. Pra quem não conhece, o programa é feito de perguntas e respostas sobre a vida do participante, que passa por um detector de mentiras e aguarda o computador avaliar se suas respostas são verdade ou mentira. Quanto mais verdades, maior o prêmio, e mais cabeludas as próximas perguntas, até um total de 100.000 reais.

Pois é. Alguns programas atrás, um participante homossexual deu sua opinião que havia nascido homossexual, e recebeu apoio do apresentador, que afirmou que homossexual nasce assim, que tem igreja que diz que conserta isso mas que é mentira e ele não acredita. Ratinho só não contava com a presença do pastor evangélico E ex-homossexual, coisa que o pequeno roedor não acredita existir.

Deixando de lado a busca pelo dinheiro, o pastor deu um show de sinceridade frente às câmeras, sem pensar muito em qual seria a resposta, e sem medo da opinião de sua esposa, irmã e pastor, que estavam assistindo-o na platéia. Além de demonstrar total convicção nos princípios bíblicos (o próprio Ratinho informou que a máquina não mede o que você acredita, e sim o que você sente em relação à pergunta), o testemunho de um homem que realmente acredita que seu abandono aos pecados não é eterno, caso não esteja vigilante, e que sua condição de ex-gay foi um milagre foram um grande testemunho àqueles que assistiram ao programa. Fora a possibilidade de evangelizar claramente, explicando algumas de suas respostas com base bíblica e fazendo até mesmo a platéia mudar de uma vaia a uma salva de palmas.

O resultado do programa foi surpresa até mesmo pra mim: o pastor respondeu com sinceridade todas as perguntas, ganhou o prêmio de R$ 100 mil e em nenhum momento se expôs negativamente frente aos seus. Vale ressaltar que a igreja do pastor não é mega, o que reforça minha convicção de que o cristão independe de denominação. Testemunho raro para um crente nos dias de hoje.

02/12/2009 Posted by | Evangelismo | 1 Comentário

…e Tristemunho

O vídeo abaixo mostra a oração do deputado Rubens César Brunelli Junior (partido PSC e da Igreja Casa da Bênção), agradecendo a propina recebida e orando com o secretário Durval Barbosa e com o presidente da Câmara Legislativa, Leonardo Prudente (partido DEM e da Igreja Sara nossa Terra). Ótimo exemplo de obediência cristã, provavelmente ainda separou o dízimo do mensalão. Vergonha.

02/12/2009 Posted by | Notícias | Deixe um comentário

Coisa do Demo!

Tô sumido mas tô vivo…

25/11/2009 Posted by | Humor | 2 Comentários

Amuletos Cristãos

“Usar lenços e toalhas ungidas para curar os enfermos é bíblico? Se não é, porque os milagres acontecem?” – Internauta anônimo.

O texto de Atos 19.11-12 diz os seguinte: “E Deus, pelas mãos de Paulo, fazia maravilhas extraordinárias, de sorte que até os lenços e aventais se levavam do seu corpo aos enfermos, e as enfermidades fugiam deles, e os espíritos malignos saiam”. Esta é uma das passagens mais usadas para defender esta “doutrina”. Vamos analisá-la em partes, usando uma boa exegese. Vou fazer algumas perguntas, e as respostas têm de vir dos versículos supracitados:

a) Quem fazia maravilhas extraordinárias? “E Deus…”

b) Pelas mãos de quem se faziam coisas maravilhosas? “…pelas mãos de Paulo…”

c) O que foi levado de Paulo aos enfermos? “…os lenços e aventais se levavam do seu corpo…”

d) Quando Paulo ungiu os lenços e aventais? “…”

e) Paulo distribuiu os aventais e lenços? “…”

f) Onde Paulo ensinou que tal procedimento era necessário para a cura e libertação dos espíritos malignos? “…”

E mais uma pergunta: Onde Jesus ensinou tal doutrina? “…”

Há outras passagens, como João 9.5-7, que poderiam ser analisadas. Mas basta uma leitura um pouco mais atenta para verificar que são apenas casos especiais, e não doutrinas. Não são modos-padrão de operação. Tomar estes textos como doutrina é ir além do que a Bíblia ensina.

Com respeito aos testemunhos de curas, podemos atribuir a eles alguns fatores:

1. A misericórdia de Deus que sobrepassa todo entendimento pode ser uma das causas (Mt 14.14);

2. Alguns milagres podem ter origem diabólica, com o intuíto de promover o engano (2Ts 2.9-12);

3. As coincidências não devem ser descartadas: Não é difícil encontrar em meio a uma multidão de 50 mil pessoas, umas 10 que realmente tenham sido “curadas”. A explicação pode estar na defesa natural do próprio organismo.

4. Auto-sugestão: Muitas pessoas testificam porque realmente pensam que foram curadas. Alguns dias depois, porém, os sintomas voltam a aparecer, o que denota que a cura foi uma farsa, produto de indução psicológica.

A Bíblia é nossa regra de fé e de prática. Qualquer acréscimo deve ser desconsiderado, assim como retirar partes dela. Ainda mais quando contraria ou distorce o que a Palavra de Deus diz. Pior do que a mentira é a perversão da verdade.

Adaptado do artigo do NAIPEC
Fonte: Bereianos / Pulpíto Cristão
Via Portal Gospel TV

19/11/2009 Posted by | Discipulado | Deixe um comentário

Surpresa! PLC 122 aprovado na Comissão de Assuntos Sociais do Senado

(Por Julio Severo) – Enquanto a população está distraída com a novela da enquete do Senado, PLC 122/06 é levado à votação apressada, sem passar por pauta.

Hoje, dia 10 de novembro, foi dia de susto no Congresso Nacional. Foi repentinamente aprovado na Comissão de Assuntos Sociais do Senado o PLC 122/06, que estava programado para passar por mais duas audiências nessa comissão. Essas duas audiências agora são desnecessárias, pois a senadora petista Fátima Cleide conseguiu colocar o projeto para votação sem comunicar na pauta normal de votação de hoje.

Enquanto a bancada evangélica estava elaborando seus argumentos para os debates das audiências e enquanto o Brasil estava distraído com a enquete do Senado e suas desculpas, Fátima Cleide e seus aliados passaram a perna em todos.

O sistema automático do Senado, que avisa os assinantes das votações a se realizar, nada comunicou ao Brasil.

O esquema de Cleide foi tão ardiloso que até mesmo no Senado os opositores do PLC 122/06 não tinham a mínima consciência de que sua votação ocorreria hoje, descansando tranquilamente na idéia de que havendo mais duas audiências programadas, seria impossível uma votação repentina.

O PLC 122/06 que foi maliciosamente aprovado hoje contém modificações elaboradas juntamente com o Senado Marcelo Crivella, pois em sua forma anterior o projeto estava enfrentando mais dificuldades para avançar. A fim de facilitar seu avanço, a negociação com Crivella adicionou idosos, deficientes e até evangélicos ao projeto, que mesmo assim continua com sua carga explosiva de favorecimento ao homossexualismo e ameaça de perseguição ao direito de livre expressão contra a conduta homossexual.

Se o PLC 122/06 for totalmente aprovado no Congresso, pregações contra o homossexualismo cairão na categoria de “incitação à homofobia”, e mesmo sem nenhuma lei semelhante ao PLC 122/06, pastores e padres já estão sendo ameaçados no Brasil. O Pr. Ademir Kreutzfeld, da Igreja Luterana de Santa Catarina, recebeu uma intimação em 2007 apenas por se opor ao homossexualismo.

O PLC 122/06 seguirá agora para a Comissão de Direitos Humanos e, se a senadora petista prosseguir nas suas ações “honestas”, terça-feira próxima (17 de novembro) haverá mais uma votação surpresa. Mesmo com a população brasileira sendo 99% contra o homossexualismo e mesmo sendo normal que haja debates, é impossível predizer quantos truques na manga Fátima Cleide irá usar para vencer esses “obstáculos”.

Com a ajuda dela, os ativistas homossexuais estão dispostos a usar qualquer manobra para aprovar o PLC 122/06, inclusive adicionando idosos, deficientes e evangélicos e inclusive colocando-o para votação sem pauta e sem a participação democrática de parlamentares que poderiam votar contrariamente aos interesses dos que têm um único objetivo: impor goela abaixo da população a ideologia homossexual.

Via Julio Severo.

12/11/2009 Posted by | Notícias | Deixe um comentário

Em Nome de Jesus

E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho (Jo 14,13).

Da Teologia Sistemática, de Wayne Grudem:

É nítido que não significa simplesmente acrescentar a expressão “em nome de Jesus” depois de cada oração, pois Jesus não disse: “Se pedirem alguma coisa e acrescentarem as palavras ‘em nome de Jesus’ após a oração, eu o farei”. Jesus não está meramente falando de acrescentar determinadas palavras, como se fossem uma espécie de fórmula mágica que daria poder às nossas orações. […]

Num sentido mais amplo, o “nome” de uma pessoa no mundo antigo representava a própria pessoa e, portanto, a totalidade do seu caráter. Ter “bom nome” (Pv 22,1; Ec 7,1) era ter boa reputação. Assim, o nome de Jesus representa tudo o que ele é, todo o seu caráter. Isso significa que orar “em nome de Jesus” não é só orar com sua autoridade, mas também orar de modo compatível com seu caráter, que verdadeiramente o represente e reflita o seu modo de vida e a sua própria santa vontade. Nesse sentido, orar em nome de Jesus se aproxima da ideia de orar “segundo a sua vontade” (1Jo 5,14-15).

Li no Nani e a Teologia.

04/11/2009 Posted by | Discipulado | Deixe um comentário

Marcha para quem?

Se precisarmos de uma marcha para Jesus para dizermos ao mundo que somos cristãos significa que o testemunho de vida é uma farsa. Luz acesa não precisa de placa para ser vista. Não me convidem para marcha pra Jesus, prefiro ir num “foraSarney”.

Pr Julio Soder

04/11/2009 Posted by | Diversos | Deixe um comentário